DEVOCIONAL | Deus Está Conosco Se Com Ele Estivermos

Foto de Aachal no Unsplash

“Ele saiu para encontrar-se com Asa e lhe disse:Escutem-me, Asa e todo o povo de Judá e de Benjamim. O Senhor está com vocês quando vocês estão com ele. Se o buscarem, Ele deixará que o encontrem, mas, se o abandonarem, Ele os abandonará.”. – 2 Crônicas 15:2

Em diversas ocasiões ouvimos queixas a respeito da “ausência” de Deus – “Onde está Deus?” Mas Deus sempre está conosco. Nós é que o deixamos.

O contexto nos dá conta do bom reinado de Asa, rei em Judá. Promoveu reformas religiosas, trazendo o povo de volta à comunhão com o Senhor (leia os capítulos 14 a 16 de 2 Crônicas).

Com base no verso acima destacado, podemos refletir da seguinte forma:

  • Quem abandona a Deus será abandonado por Ele. Isto diz respeito a qualquer nação ou indivíduo.
  • Deus deixa-se achar por aqueles que O buscam (2 Crônicas 7:14; Isaías 55:6; Jeremias 29:13; Mateus 6:33);
  • Deus está conosco enquanto nós estivermos com Ele – “Aproximem-se de Deus, e Ele se aproximará de vocês!” – Tiago 4:8

No caso de Asa, ele ouviu o profeta de Deus. O Senhor o aprovou. Ele e o povo foram ricamente abençoados.

joelsoares

Joel de Brito Soares

DEVOCIONAL | Apesar de Tudo, Vamos Celebrar!

Foto de rovenimages.com no Pexels

Mas nós tínhamos que comemorar e alegrar-nos, porque este seu irmão estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado – Lucas 15:32

Como essa família é parecida com a nossa! Essa parábola continua se repetindo, nos ensinando lições muito atuais sobre as tensões e conflitos dos relacionamentos familiares. Inicialmente os problemas daquela família foram provocados pelo filho mais novo, quando exigiu prematuramente a sua parte na herança. Ao gastar desordenadamente os seus recursos, muito sofrimento sobreveio não só a ele, mas à sua família. Precisou então se humilhar, reconhecer seus erros e voltar para casa. Esperando por ele, surge a presença marcante de um pai amoroso, perdoador, conciliador, justo, promotor da paz e da alegria. Uma sábia e necessária decisão para celebrar a volta do filho mais novo. Assim como o pai da história, também precisamos acolher os arrependidos, promover festa, paz, diálogo, perdão; e apesar de tudo, celebrar!

maurarute

Maura Rute Carvalho Antunes

DEVOCIONAL | Com cansaço? Vai passar!

Foto de Andrew Neel no Pexels

Ele fortalece o cansado e dá grande vigor ao que está sem forças“. – Isaías 40.29

Um recente fenômeno, provocado pela pandemia, foi a implantação em grande escala do chamado “home office”. Muitas empresas, impossibilitadas de receber seus funcionários, em função da necessidade do isolamento social, oficializou e permitiu que eles trabalhassem de casa. No início foi uma experiência boa e diferente, acordar mais tarde e sem aquelas horas intermináveis no trânsito. Ufa, que alívio! Será mesmo?

Para muitas famílias, nessa nova rotina, está sendo muito mais “office” do que “home”, ou seja, muito mais trabalho do que casa, muito mais labor do que lazer, muito mais ocupação do que diversão. Nem sempre levar o trabalho para casa ou trabalhar de casa faz bem e é saudável. Toda essa mudança tem levado muitas pessoas ao desgaste físico e, principalmente, emocional. 

Há determinados cansaços que nós mesmos provocamos e somos os únicos responsáveis em eliminá-los. Se for o seu caso, faça a sua parte. Porém, há outros que somente Deus pode resolver. E se Ele prometeu, vai cumprir. Portanto, confia e espera, o seu cansaço vai passar!

José Paulo Moura Antunes

DEVOCIONAL | Vencendo o Esgotamento

Photo by Mehrpouya H on Unsplash

Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus“. (1 Co. 6:19, 20)

Infelizmente vemos o stress e o cansaço como marcas de um homem de sucesso. Spurgeon, um pregador inglês do século XIX, disse: “O sucesso deixa o homem exposto a pressão das pessoas, e dessa forma ele é tentado a manter essa posição por meio de métodos e práticas carnais, e se deixar dominar pelas exigências despóticas de uma incessante superação”. Indivíduos exaustos e mentalmente vazios, param de crescer e de criar. Aprendi que muita correria, por vezes, não passa de fuga. Por isso, desacelere: Invista tempo em você, entenda suas necessidades mais intimas, e saiba que elas podem ser supridas no Senhor. Firme-se no amor de Deus, pois cristianismo é mais que uma verdade intelectual, é uma experiência de amor incondicional, aceitação e significado revelado em Jesus. Liberte-se de ilusões: Pare de fingir para os outros, para si mesmo e para Deus, entregue toda a sua vida nas mãos do Deus altíssimo. O mais importante é se manter numa longa fidelidade e obediência na mesma direção.

marcoswerton

Marcos Werton