Ano novo, vida nova

liberta-te.htmlA cada início de ano pensamos modificar nossa vida em vários aspectos.

Ouvi, no ônibus, de uma jovem ao celular: “Você precisa fazer como eu: emprego novo, namorado novo, casa nova; tudo novo neste início de ano”.

Conta-se de um homem que decidiu: “Vou mudar, quero sair daqui; quero ir para uma casa nova, para outro ambiente”. Ele queria encontrar uma casa que lhe agradasse: bonita, ampla, que atendesse suas necessidades. Encontrou o que desejava. Porém, algumas obras eram necessárias: pintá-la, consertar o piso, abrir uma janela que permitisse a entrada de mais luz, etc.

Todos precisamos de um teto sobre nós e nossa família. Dentro das possibilidades procuramos ter o melhor.

Vejam a situação daqueles que, em diferentes lugares e ocasiões, ficam desabrigados por causa de torrenciais chuvas. Suas casas, muitas delas, precisam ser reconstruídas, receber móveis novos, etc.

Temos preocupação com a nossa moradia terrestre, por mais simples que seja. Por diversas vezes, precisamos reformar as casas de algumas pessoas atendidas pela obra social mantida pela Igreja do Recreio (CASACAP), em Vargem Grande, tendo em vista a precariedade delas.

De quando em vez, procuramos consertar nossas casas, trocar o que está escangalhado, pintar com novas cores, muita vez, reformá-las.

Mas, como está a habitação referida por Jesus Cristo em João 14.23b – “Meu Pai o amará, nós viremos a ele e faremos morada nele.”

Parece, muitas vezes, que isso pouco nos precocupa, como crentes em Jesus Cristo. Até mesmo no aspecto físico. Não cuidamos do nosso corpo, adiamos alguns tratamentos que necessitamos, não cuidamos dos dentes, e alguns, até mesmo, sequer tomam banho diariamente, esquecendo-se que o corpo é o templo do Espírito Santo (“Vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês?” – 1Coríntios 3.16).

Porém, ser cristão, significa levar a sério a nossa responsabilidade como donos da casa onde o Senhor quer morar inteiramente.

Quando entregamos nossa vida a Jesus Cristo, Ele recebeu a chave do nosso coração que é a morada onde Ele quer entrar. Só que Ele não quer companhias estranhas quando entra em nossa vida. O problema é que muitas vezes permitimos áreas escuras, cantos onde vivem moradores indesejáveis.

Nossos semelhantes, irmãos em Cristo, talvez não percebam isso. Só nós sabemos. Olhando de fora a moradia parece perfeita. A fachada cristã está em ordem. Mas… o Senhor de fato entrou?

Temos que retirar inteiramente esses antigos moradores de nossos corações. Temos que despejá-los. Tal como o homem da história contada antes, precisamos permitir que se faça uma limpeza da nossa casa interior. Também a janela na parte superior não deve faltar. Devemos permitir a entrada da luz do alto.

Imagine nosso Senhor chegando, parando diante da porta do nosso coração e dizendo: “Quero entrar agora”. E Ele não vem sozinho. Revejam o versículo 23, parte b, de João 14, já transcrito. Somos habitados por Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, daí o plural encontrado no verso (“nós viremos a ele e faremos morada nele”). Leiam ainda: “… o Espírito da verdade. O mundo não pode recebê-lo, porque não o vê nem o conhece. Mas vocês o conhecem, pois ele vive com vocês e estará em vocês” (João 14.17).

Nossa responsabilidade em relação ao nosso coração, que nos foi transmitida quando nos decidimos ao lado de Jesus Cristo, é muito maior do que a de uma pessoa que ainda está longe de Deus. Somos responsáveis pelo estado de nosso próprio coração, para que Jesus Cristo possa habitar de fato nele.

Como está a situação do nosso coração? Ainda existe sujeira escondida? Ainda guardamos pensamentos obscuros? Está mais do que na hora de colocar em ordem nosso coração diante de Deus. Vamos fazer um novo começo neste novo ano!

Joel de Brito Soares

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s